Indústria do Petróleo provoca danos no Sudão

Posted on 19/11/2009

0


O blog de meio ambiente do jornal The Guardian publicou esta semana um álbum de fotografias que denunciam as ameaças e os danos ambientais e humanitários trazidos pela indústria do petróleo no Sudão.

O petróleo responde por 95% das exportações do país e tem sido uma fonte de grande tensão entre a região de Khartoum e a parte sul do Sudão, semi-autônoma.

“A extração de petróleo e a exploração do campos petrolíferos de Mala e Thar Jath trazem sérias ameaças os seres humanos, à pecuária e ao meio ambiente”, afirmou o ativista de direitos humanos Klaus Stieglitz

Stieglitz é vice-presidente da organização alemã de direitos humanos Sign of hope, segundo a qual a produção de petróleo no Sudão está contaminando a água, espalhando doenças e ameaçando umas das maiores regiões úmidas do mundo.

Clique aqui para ver o álbum completo, com fotografías de Roberto Schmidt/AFP/Getty Images.

Ou veja abaixo uma seleção de quatro imagens.

Uma imagem de 180º mostra o reflexo de mulheres e crianças sudanesas diante de uma psicina de água parada num ponto de abastecimento de Guit

Um grupo de camponeses assiste enquanto especialistas em água colhem uma amostra e analisam o material perto de uma bomba de água na vila de Nyjaldiu

Menina carrega lata com água retirada de ponto de abastecimento de New Rier

Klaus Stieglitz, vice-presidente da organização de direitos humanos Sign of Hope, colhe uma amostra de água de um buraco abandonado, feito por uma sonda petrolífera, próximo a um poço desativado em Thar Jath, no sul do Sudão

Anúncios