Angola planta cana-de-açúcar para produção de etanol

Posted on 27/10/2009

1


 

Opening

O ministro dos Petróleos de Angola, José Maria Botelho de Vasconcelos, garantiu que a plantação de cana para etanol não vai concorrer com a produção de alimentos

Antônio Martins Neto

Apesar de importar 100% do açúcar que consome, Angola acaba de reservar uma área de 30 mil hectares para a plantação de cana-de-açúcar especificamente destinada à produção de etanol.

A medida dá início ao projeto do país na área de biocombustíveis, cuja produção deve começar no ano que vem.

O projeto, aprovado pelo governo no ano passado, também prevê a extração de biocombustíveis a partir de plantas oleaginosas, como a jatophra.

O investimento, da ordem de U$ 220 milhões, tem participação da estatal de petróleo Sonangol, da empresa privada angolana Damer e da brasileira Odebrecht.

A empreitada chama a atenção pela possibilidade do país priorizar a produção de biocombustíveis em detrimento da produção de alimentos.

“Estamos usando terras menos aráveis”, disse o ministro dos Petróleos de Angola, José Maria Botelho de Vasconcelos.

“Não vamos concorrer com a produção de alimentos”, completou.

Vasconcelos abriu hoje o Seminário Pernambuco Business 2009, evento que reúne no Recife representantes de empresas e especialistas nas áreas de óleo, gás, offshore e indústria naval.

Anúncios
Posted in: Economia