Vereadores de Fortaleza aprovam projeto que proíbe alimento transgênico em merenda escolar

Posted on 21/10/2009

1


Lei atinge 250 mil crianças de 340 escolas municipais de Fortaleza

Lei atinge 250 mil crianças de 340 escolas municipais de Fortaleza

Os alimentos transgênicos estão prestes a ser banidos das 340 escolas que formam a rede municipal de ensino de Fortaleza, no Ceará.

A Câmara de Vereadores da cidade aprovou ontem, por unanimidade, o projeto de lei do vereador João Alfredo Telles, do PSOL, determinando a proibição.

O texto, que prevê também a utilização de produtos orgânicos na merenda escolar, aguarda agora sanção da prefeita Luzianne Lins.

Além de Fortaleza, Porto Alegre e Santos têm projetos semelhantes aprovados mas ainda não sancionados pelo Poder Executivo.

Crianças em creche municipal de Porto Alegre, onde um projeto semelhante foi aprovado pelos vereadores aguarda sanção da prefeitura

Crianças em creche municipal de Porto Alegre, onde um projeto semelhante, aprovado pelos vereadores, aguarda sanção da prefeitura

Segundo Telles, o projeto é inspirado em sua militância no Greenpeace, onde atuou como consultor de políticas públicas.

“Em defesa da biosegurança, do princípio da preocupação e da defesa de uma alimentação saudável para nossas crianças”, explicou o parlamentar.

Clique aqui para ler a reportagem publicada hoje pela Folha Online.

Anúncios
Posted in: Educação