Jornal lança concurso para escolher a melhor ideia de como diminuir o impacto ambiental da indústria da moda

Posted on 21/09/2009

0


Cartaz anuncia os últimos ingressos para o evento itinerante, que começou na cidade de Leeds,no norte da Inglaterra

Cartaz anuncia os últimos ingressos para o evento de permuta de roupas, que começou na cidade de Leeds, no norte da Inglaterra, e deve itinerar por mais onze cidades do Reino Unido

O jornal britânico The Guardian lançou um concurso para escolher as melhores dicas para reduzir o impacto ambiental provocado pelas grandes indústrias de roupas e acessórios.

O autor da ideia mais original vai ganhar um voucher no valor de 250 libras, quase 750 reais, para ser usado na loja de departamentos Marks & Spencer.

O concurso é limitado a residentes do Reino Unido, mas chama a atenção para a poluição causada pela indústria fashion e estimula a adoção de soluções criativas e sustentáveis.

De acordo com o The Guardian, 900 mil toneladas de roupas são postas à venda a cada ano na Grã-Bretanha, muitas produzidas nos países emergentes da Ásia.

Estima-se que essa indústria lance na atmosfera cerca de oito milhões de toneladas CO2, só com a produção das roupas.

E o pior é que metade das peças compradas pelas mulheres britânicas nunca saiu do armário.

A questão levou à criação, em 2007, de um website voltado apenas para a permuta de roupas, com mais de 50 mil itens “à espera de uma casa”, como diz o texto de apresentação.

Para difundir a prática da permuta, o Bigwardrobe.com e outro site dedicado à causa, o Whatsmineisyours.com, começaram a promover uma série de shows pelas principais cidades do Reino Unido.

O primeiro The Big Swish ocorreu no último dia 17, em Leeds, uma das cidades mais importantes do norte da Inglaterra.

Os participantes assistiram a performances, transformações de visual, desfiles, apresentação de DJ´s e puderam usufruir de uma  área de customização (faça sua própria bolsa, por exemplo), além de conhecer uma série de produtos eco-friendly.

Os organizadores também convidaram celebridades do mundo da música e da TV, e o público concorreu a prêmios, de roupas doadas por atores a garrafas de champagne Moët et Chandon.

The Big Swinsh vai passar por outras onze cidades do Reino Unido até setembro de 2010.

Já a Marks & Spencer, parceira do The Guardian no concurso que vai escolher a melhor dica para diminuição do impacto ambiental da indústria da moda, tem mantido um programa de doação de roupas com a Oxfam, ONG britânica que administra uma cadeia de brechós cuja renda financia projetos sociais em várias partes do mundo.

O projeto da Marks & Spencer, chamado de Plan A, já levantou 1,8 milhão de libras para a ONG, o equivalente a 5,3 milhões de reais.

Anúncios
Posted in: Consumo