Horta orgânica da Casa Branca expõe preocupação do governo dos EUA com a alimentação infantil

Posted on 20/09/2009

2


Antônio Martins Neto

Michele em meio aos alunos da Bancroft Elementary School. Foto de Samantha, fotógrafa oficial da Casa Branca Appleton

Michelle em meio aos alunos da Bancroft Elementary School. Foto de Samantha, fotógrafa oficial da Casa Branca Appleton

No último mês de março, os alunos do 5° ano da Bancroft Elementary School, de Washington, nos EUA, plantaram uma horta orgânica no jardim da Casa Branca.

Três meses depois, eles colheram os primeiros produtos e, com a ajuda da primeira-dama Michelle Obama, prepararam um almoço com salada, frango assado e arroz em plena residência presidencial.

A sobremesa teve bolo do tipo cupcake e frutas frescas também colhidas pelos alunos.

O almoço foi um marco na luta que a primeira-dama norte-americana tem travado para melhorar a qualidade dos alimentos consumidos por crianças e adolescentes nos EUA.

“Quase um terço das crianças desse país está acima do peso ou é obesa, e um outro terço vai sofrer de diabetes em algum momento da vida”, disse Michelle Obama em seu discurso antes do almoço com as crianças.

De acordo com a primeira-dama, a situação é ainda mais preocupante nas comunidades hispânicas e afro-americanas, onde quase metade das crianças enfrenta os mesmos males.

“Isso é inaceitável”, disse Michelle Obama.

A horta da Casa Branca chama a atenção para a nutrição e os cuidados preventivos com a saúde num momento em que uma reforma do setor médico começa a ser discutida pelo presidente e pelo Congresso.

A ideia é difundir uma cultura de alimentação saudável e evitar doenças como diabetes e obesidade infantil. Foto de Samantha Appleton, fotógrafa oficial da Casa Branca

A ideia é difundir uma cultura de alimentação saudável e evitar doenças como diabetes e obesidade infantil. Foto de Samantha Appleton, fotógrafa oficial da Casa Branca

“Obesidade, diabetes, doenças cardíacas, hipertensão e todos os problemas de saúde relacionados à nutrição custam ao país 120 bilhões de dólares por ano”, disse a primeira-dama.

Uma boa forma de diminuir esse gasto no futuro, portanto, seria incutir hábitos mais saudáveis nas novas gerações.

E a construção de hortas comunitárias pode ser a experiência capaz de catalisar essa transformação.

O gesto de Michelle Obama e dos alunos da Bancroft Elementary School sinaliza para a importância dessas hortas no sentido de melhorar a qualidade da alimentação consumida nos EUA, mesmo nas grandes cidades.

E a ideia é facilitar o acesso a frutas, hortaliças e legumes frescos à população de baixa renda.

“As pessoas estão descobrindo os benefícios da horta comunitária – mais de um milhão de hortas comunitárias estão surgindo exatamente agora – muitas em comunidades urbanas onde o acesso aos produtos orgânicos é difícil”, disse a primeira-dama.

A horta da Casa Branca ocupa uma área de 102,2 metros quadrados e pode ser vista da rua pelos turistas que visitam Washington.

Produz 55 tipos de legumes, vegetais e ervas que são usados na cozinha presidencial.

Assista abaixo ao vídeo com o discurso de Michelle Obama (áudio e legendas são em inglês)

Anúncios
Posted in: Comportamento